O Silêncio e a Campereada é a vencedora da Sapecada da Canção Nativa 2017


Categoria Festa do Pinhão
Publicado em 14/06/2017




"(...) É o maior momento que vivo dentro da música até hoje." - Ricardo Comassetto


Mais uma vez a Sapecada da Canção Nativa não decepcionou, pelo contrário, arrepiou e emocionou o público que não perdeu a grande final desta 25ª edição, na noite desta terça-feira (13). Este é maior festival de música nativista do Brasil e está entre os maiores da América Latina.

A voz firme e forte característica dos intérpretes de obras tradicionalistas soou como aconchego aos ouvidos de quem esteve no espaço nativista da 29ª Festa Nacional do Pinhão e pôde acompanhar a vitória da canção "O Silêncio e a Campereada", consagrada pelo público depois de avalizada pelos sete jurados.

Ricardo Comassetto, um dos responsáveis pela melodia da vencedora, agradeceu o carinho e o respeito que Lages demonstra em relação à cultura. "Este é, com certeza, o maior festival nativista do Brasil. Não sei mensurar a realização de receber este prêmio na primeira melodia que eu faço. Agradeço aos amigos parceiros na criação desta canção, e àqueles que verdadeiramente me incentivaram. É o maior momento que vivo dentro da música até hoje", revelou, em êxtase, e terminou sua breve manifestação com versos de Jayme Caetano Braun, da música "Meu Canto": "há os que condenam meu canto de cousas que já passaram, dizem que muitos cantaram e chega de cantar tanto, contra isso eu me levanto sem procurar desafetos. Não se apagam com decretos heranças de todos nós. Não vou matar meus avós pra ficar de bem com os netos."

A exuberância poética


A Festa Nacional busca a diversidade de gêneros durante dez dias de programação, mas esta noite foi dedicada com ênfase aos artistas que escrevem suas histórias em linhas de vivência das lidas rurais, da simplicidade e dos costumes de antigamente, num misto de juntar as próprias experiências ao gosto popular de quem vive na região de Serra. Aplausos, assobios e gritos de Sapucai embalaram a noite da plateia, em sua maioria pilchada com o figurino apropriado à altura do espetáculo. Com letras rebuscadas, comuns ao dicionário castelhano dos antepassados, as produções têm apelo emocional e descrevem as raízes da Serra e do Rio Grande do Sul.

Retrata a convivência com a sabedoria dos mis velhos, o trabalho nos galpões, a relação do homem com a atividade pecuária e agricultura, os resquícios nostálgicos e a beleza da natureza protegida. São verdadeiras poesias que entram para os acervos da cultura. As Sapecadas (Canção Nativa e da Serra Catarinense) são realizadas pela Prefeitura de Lages e pela Fundação Cultural de Lages (FCL), com coordenação de Mario Arruda. Após a final da Sapecada houve apresentação do grupo Quarteto Coração de Potro e depois da premiação, baile com Tchê Sarandeio.


Resultado completo:


1º lugar: O Silêncio e a Campereada

Letra: Sergio Carvalho Pereira

Música: André Teixeira

Ricardo Comassetto

Intérprete: Luiz Marenco

Ritmo: Milonga



2º lugar: La D'Onde eu Venho

Letra: Rogério Villagran

Música: André Teixeira

Intérprete: André Teixeira

Ritmo: Chamamé



3º lugar: Nos Campos do Amaricá

Letra: Gujo Teixeira

Valério Teixeira

Música: Cristian Camargo

Intérpretes: Joca Martins e Rogério Melo

Ritmo: Chamamé

Música Mais Popular: Memoriais da Nossa Origem

Letra: Daniel Silva e Iradi Chaves Rodrigues

Música: Daniel Silva

Intérpretes: Daniel Silva e Zetti Gaudéria

Ritmo: Toada



Melhor Intérprete: Pirisca Grecco, com Saudade é Fundo de Campo



Melhor Instrumentista: Juan Losano Carrera (quenna), com Rancho de Barro



Melhor Letra: O Silêncio e a Campereada

Letra: Sergio Carvalho Pereira

Música: André Teixeira

Ricardo Comassetto

Intérprete: Luiz Marenco

Ritmo: Milonga



Melhor Arranjo: Saudade é Fundo de Campo

Letra: Gujo Teixeira

Música: Cristian Camargo

Intérprete: Pirisca Grecco

Ritmo: Toada



Melhor Melodia: Rancho de Barro

Letra: Xirú Antunes

Música: Kiko Goulart

Intérprete: Quarteto Coração de Potro

Ritmo: Canção



Melhor Conjunto Vocal: Nos Campos do Amaricá

Letra: Gujo Teixeira

Valério Teixeira

Música: Cristian Camargo

Intérpretes: Joca Martins e Rogério Melo

Ritmo: Chamamé



Melhor Tema Campeiro: Potrilho, Potro e Pingaço

Letra: Evair Suarez Gomez

Música: Juliano Gomes

Intérprete: Ita Cunha

Ritmo: Chamarrita

Melhor Tema sobre a Região Serrana: Memoriais da Nossa Origem

Letra: Daniel Silva e Iradi Chaves Rodrigues

Música: Daniel Silva

Intérpretes: Daniel Silva e Zetti Gaudéria

Ritmo: Toada


Palco Nativista nesta quarta-feira


Nesta quarta (14), 6º dia da Festa Nacional do Pinhão, as atrações do Palco Nativista serão Daniel Silva e Grupo Candieiro.

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.


MÁX: 31°C  MIN: 17°C
veja a previsão completa